quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Aos meus professores, o meu muito obrigado!

Grupo de pinos de jogos de tabuleiros, de várias cores, reunidos em volta de um cérebro
O Dia dos Professores está aí. Não vou nem começar a repetir adágios sobre a importância dessas pessoas para a sociedade ou a discorrer sobre a situação do magistério no Brasil. Ao invés disso, resolvi fazer um exercício de memória que faço de vez em quando: tentar lembrar o nome de todos os meus professores.

A princípio pode parecer simples para algumas pessoas, que estudaram em uma ou duas escolas durante toda sua vida, mas eu estudei em oito escolas, fiz um curso técnico e cursei oito períodos de uma faculdade. Então vocês podem imaginar quantos nomes passaram pelos quadros negros à minha frente - nada comparado ao que passou pelas carteiras à frente de cada um deles em apenas um ano de trabalho, é verdade, mas ainda assim é bastante coisa.

Decidi que seria a hora de postar isso aqui não apenas como um registro ou como um suporte à minha memória, que já começa a me pregar peças, mas, principalmente, como uma forma de agradecimento e reconhecimento à importância de cada um deles para a formação da pessoa que sou agora.

Se fosse pra comparar, diria que isso é como uma enorme Genki-Dama educacional, em que cada um contribuiu com um pouco de si comigo :)

Meu muito obrigado a Neide, Isabel, D. Marília, D. Jurema, D. Graça, Clarice, Carla, Anésia, Simone, Maria Inês, Carlucci, Patrícia, Carlão, Simone Lima, Rômulo Pônzio, Augusto, Elzeman, José Júnior, Ana Siária, Marcelo Abreu Gomes, Ângela, Marli, Denise, Miriam, Ir. Joana, Sônia (Sonhão), Cíntia Almeida, Edna Gomes, Josiane, José Augusto Abreu Aguiar, Márcia, Mônica, Rubinho, Letícia, Lindalva, Olímpia, Marcos Fonseca (Marquinhos), Sávio, Francisco, Beth Cunha, Júlia (Julinha), Nádia, Harmonia, Leonardo, Quitéria, Tânia Beda, Pierre Augé, Nilde, Hamilton, Rosilene, Deuscéa, José Carlos, Admar, Emerson, Sérgio Eduardo Corrêa Netto, Josimari Pauletti Gonçalves, Levina Ferreira, Paulo, Sílvia (Silvinha), Valéria, Alan Carvalho Galante, Giovanni Colonesi, Sônia Santos, Oscar Rocon, Paulo Tong, Sérgio Cunha, Cláudia Leopoldino, Daniela Palladino, Jorge Roberto, Élio de Souza, Luísa Bampi, Fernando Abelha, Nilandi Carneiro, Gerson Dudus, Kláucio Arruda, Mônica Athayde, Rosinete Massiere, Miriam de Oliveira Santos, Leonardo Castro, Altayr Derossi, Paula Almeida Daros, Sabrina Falcão, Valéria Machado, Maria João Palma, Luis Otavio Salvador, Roberto Caldas, Jurandir Faustino, Frei Isidoro Mazzarolo, Adriana Bacelar, Gilvan Chegure, Marcos Ferreira (Café), Emilene Campos, Ana Lúcia, Guto Leite.

Tentei colocar em ordem cronológica e lembrar dos sobrenomes - mas percebe-se que faltaram muitos.

Aos vários que esqueci, peço desculpas. À medida que for me lembrando, acrescento à lista.

7 comentários :

Anônimo disse...

Khristofferson, você com ceteza é um aluno inesquecível, obrigada pela homenagem,
Beijos,
Miriam

Khristofferson Silveira disse...

Olá, Miriam! Eu que agradeço! :)

Daniela disse...

Khristofferson, como eu fiquei feliz eu "me ver" aqui!!
Já havia recebido uma "homenagem" desse tipo por parte da Luciana no Orkut mas imaginei que fosse um caso isolado pois vcs estão distantes de mim e já faz tempo que não temos contato...
Não me esqueço de vc, principalmente nos primeiros dias de aula, soletrando seu nome, após tantas consoantes, quando eu perguntei se tinha acento e vc respondeu com seu bom-humor habitual: "não! pra que complicar, professora?"... rs rs...
Beijos e felicidades,
Daniela Palladino.

Khristofferson Silveira disse...

Olá, Daniela. Mas, realmente, pra quê complicar? Hahaha

Paulo disse...

Grande Khris! O Grande Mago da Web. Muito obrigado por ter me permitido fazer parte da sua história, o que mais dignifica um professor é o reconhecimento por parte do seu aluno daqule pedaço de tijolo assentado junto a base do conhecimento. Parabéns pelo ser humano que é.

Paulo Tong

Alan Carvalho Galante disse...

Cara,

Antes de mais nada sempre é uma honra ser lembrado por um aluno que eu não me esqueço.

Muito obrigado pela lembrança.

Khristofferson Silveira disse...

Pô, Alan, você então! Primeiro trabalho mesmo - fora estágio - foi lá contigo.

Grande abraço!