terça-feira, 13 de novembro de 2007

Porque no te callas?


Apesar de ter meus problemas em aceitar a monarquia, devo dizer que fiquei muito feliz com a posição que o rei espanhol tomou esta semana, fazendo aquilo que muita gente já deveria ter feito há bastante tempo: mandar Hugo Chávez calar a boca.

O filhote de Fidel tem o hábito de abrir a boca para falar besteiras, ironias e provocações, mas os alvos de seus comentários nem sempre se dão ao trabalho de responder. Tudo bem, eu entendo. Tem hora que é melhor deixar o cara fazer papel de bobo sozinho e não dar corda.

Só que de bobo o Chávez não tem nada. E corda, ele já tem até demais. O suficiente para afirmarmos - com o perdão do trocadilho - que ele está com o rei na barriga.

De fato, acho que estamos mesmo é precisando da ajuda do nosso amigo de sempre, o capitão Nascimento para dar um jeito nesse fanfarrão. Sim, porque se tem alguém que deve ser chamado de fanfarrão, é o Chávez.

Já visualizei a cena do ccapitão dando um tapa naquela cara cínica e falando "tira essa roupa vermelha que tu não é comunista. Tu é ditador!", para logo em seguida emendar, com dedo em riste, "pede pra sair!"

2 comentários :

Israel disse...

Concordo plenamente...

Mas os críticos acharam um absurdo...

Mas convenhamos, o cara simplesmente fez o q todo mundo sonha em fazer... Mandar o Hugo Chavez calar a boca... Tá, talvez eu também queira mandá-lo tomar no... Mas acho q um Rei não iria apelar pra tanto, o cala a boca serve... rsrsrs

Khristofferson Silveira disse...

Eu tenho certeza de que muita gente também gostaria de mandá-lo pra algum lugar envolvendo as letras "p", "q" e "p".