sábado, 30 de junho de 2007

Joaquim Choriz

Fiquei tão comovido com esse choro que resolvi postar o vídeo aqui no blog.



É a velha história: quem não chora não mama.

segunda-feira, 25 de junho de 2007

Axioma da exportação suicida russa

Achou esse título estranho? Pois é, eu também, mas é como chamo a conclusão a que cheguei depois de ler a notícia "Comunidades virtuais em russo dão aulas de suicídio".

É bastante simples: Você se mata para aprender russo para aprender em russo a se matar.

Tudo bem! Não chega a ser uma Reversal Russa, mas, vá lá... Hoje (ainda!) é segunda-feira.

Executivos malucos e vegetarianos irresponsáveis (e vice-versa)

Como disse no post anterior: "Segunda-feira é fogo mesmo..."

Agora me aparece essa: Executivo acha que P2P afeta venda de milho

A lógica do gênio é simples: mais pirataria = menos filmes locados e menos ida ao cinema. Logo, menos pipoca vendida, o que prejudica os produtores de milho e, conseqüentemente, a indústria de equipamentos agrícolas.

Seguindo o pensamento dele, concluí que os vegetarianos são responsáveis por coisa muito pior, já que eles se recusam a comer carne, o que afeta as churrascarias, frigoríficos, açougues, abatedouros, fazendas, indústria veterinária, causando desemprego e fazendo com que muita gente saia da População Economicamente ativa, reduzindo o volume de dinheiro circulando no país, o que diminui a base de consumidores da indústria, que passa a vender menos e demitir mais, reforçando o ciclo e causando uma nova crise econômica.

Malditos vegetarianos!

Exageros à parte, vale ressaltar que o cara é conselheiro geral da NBC/Universal. E isso me lembra do Dilbert, que dizia que "os idiotas são colocados em posição de chefia porque é lá que podem fazer menos estrago".

A dica da notícia é do amigo Fábio Léda.

Álcool? Senilidade? O rly?

Segunda-feira é fogo mesmo... Vi essa na capa do G1:

&Aacutelcool pode causar senilidade aos 40Agora eu pergunto: quem não sabia disso?

domingo, 24 de junho de 2007

No mínimo encerrando as atividades

"Tarde demais para ser uma pegadinha de 1º de abril", eu pensei ao ler que o site jornalístico no mínimo está para encerrar as atividades no início de julho, por falta de patrocínio.

Embora a notícia já tenha sido divulgada desde o início do mês, achei estranho não ter visto nada disso blogado por aí, o que reforça a pergunta no título da matéria dos editores do site: Quem liga para isso?.

Bom, eu sempre gostei do conteúdo desse site e costumo acessá-lo desde os anos de faculdade, sempre encontrando textos com pontos de vista bem interessantes e, por isso, ligo sim para o fim do site, por acreditar que essa descontinuidade será uma grande perda não só para a internet, mas também para o jornalismo brasileiro.

O que me deixa mais impressionado é que ele conta com expressivos números de acesso, com um time de profissionais de primeira e não vai poder continuar suas atividades devido à falta de patrocínio.

Vai entender...

quinta-feira, 21 de junho de 2007

Contagem de corpos no cinema

Cenas do filme Equilibrium explicando o gun-kata
Responda rápido: qual filme tem a maior contagem de corpos? E qual personagem mandou mais inimigos ao encontro de Caronte?

Se você pensou em alguns dos famosos grandes matadores do cinema - John Matrix, John Rambo, John McClane, Casey Ryback ou mesmo Beatrix Kiddo -, é melhor ir mudando de idéia.

O filme que encabeça a lista da pilha de cadáveres é "O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei" (versão estendida), que graças à épica Batalha dos Campos de Pelennor e dos demais conflitos contabiliza um total de 836 baixas - 368 a mais que o segundo colocado, "O Senhor dos Anéis: As Duas Torres" (versão estendida), que aparece com 468 corpos.

Já o personagem que mais despachou almas para a margem do Aqueronte foi o Clérigo John Preston (Christian Bale), de "Equilibrium", que eliminou sozinho 118 adversários - metade do número de baixas de todo o filme!

Mérito do seu gun-kata, que prova que de nada adianta fazer o estilo John Matrix/John Rambo e atirar a esmo, se o que conta mesmo são as balas que acertam. A velha história do "Não é força. É jeito."

E aqueles famosos que citei antes ficaram assim:

  • John Matrix - 81 em "Comndo para matar"
  • Beatrix Kiddo (A Noiva) - 76 em "Kill Bill - Vol. 1"
  • John Rambo - 51 em "Rambo 2"
  • Casey Ryback - 34 em "A Força em Alerta"
  • John McClane - 23 em "Duro de matar 2"
Vale lembrar que a contagem é feita por título, não por franquia.

Consegui esses dados no moviebodycounts.com.

terça-feira, 12 de junho de 2007

Monolito


Faz tempo que a gente cultiva
A mais linda roseira que há
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a roseira prá lá

- "Roda Viva", Chico Buarque

(Não tem relação com Dia dos namorados.)

quinta-feira, 7 de junho de 2007

Funesto comercial


Às vezes eu fico meio encafifado com com certas peças publicitárias que a gente vê por aí.

Não entendi essa do pessoal do Licor de Cacau Xavier veicular um comercial em clima alegrinho com Sérgio Reis, cujo mote é "O Menino da Porteira". Qualquer um que conhece a letra dessa música sabe que é uma história triste.

Fica um contraste estranho. Afinal, de nada adianta fazer aquele clima de felicidade de que o Licor vai curar os vermes do menino, se todos sabemos que logo ele já não estará mais vivo.