terça-feira, 21 de março de 2006

A internet e suas celebridades

Esse potencial da internet de criar "microcelebridades" é realmente curioso.

A última que tivemos foi a Katilce, que já até anda meio esquecida. O hype já passou. Quem será o próximo?

Enquanto ele não aparece o jeito é continuar com os antigos, dando uma reciclada ou transformando o sujeito em ícone pop.


Quem aí não conhece o Jeremias Muito Louco ou o Bill Goiaba?

Agora quem aí conhece o remix no vídeo do Jeremias ou o Funk do Jeremias e as camisas do Bill (feminina e masculina)?

Enquanto tá nesse nível até dá pra achar engraçado. Afinal de contas, os sujeitos são ladrões de galinhas desajeitados e caricatos e a proposta do programa é de mostrar isso mesmo (reparem no incentivo que o repórter dá para que os sujeitos cantem).

O problema será quando virmos isso acontecer com indivíduos como Leonardo Pareja e Fernando Dutra Pinto.

Neste momento não me recordo de a internet ter feito de nenhum grande bandido um paladino contra o sistema ou um popstar, como os meios de comunicação tradicionais fizeram com esses que citei.

Mas, ressalto, os meios de comunicação não os fizeram sós! A população ajudou.

E é nesse ponto que a internet pode criar uma situação como essa. Se Ruth Lemos (que ameaçou processar meio mundo por causa do vídeo, mas acabou até gravando um comercial) ou o Mamute se dissiparam com bastante velocidade, de messenger em messenger, de e-mail em e-mail, o que impediria de uma corrente de apoio a um criminoso alcançar o mesmo nível de viral a ponto de gerar sites dedicados, blogs - quem sabe até do próprio, direto da cadeia! - ou comunidades no Orkut?

O que impediria? Cada um de nós. Afinal de contas, "para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada" (frase atribuída a Edmund Burke, mas não posso confirmar).

Ou seja, ato de apertar o botão "Forward" ("Encaminhar") também é um ato político.

E ainda me perguntam porque acho "Assassinos por natureza" um bom filme.

2 comentários :

César disse...

em um futuro muito próximo, todos nós teremos nossos 15 merecidos minutos de "microcelebridade". =P

anderson disse...

Nossa senhora! Como foi que me descobriram com as camisetas do Bill Goiaba!? Fiquei perplexo.
Mas da uma olhada na camiseta que eu fiz do Jeremias tambem! http://ubbibr.fotolog.com/biliz21/?pid=14252162
Valeu!