sábado, 19 de novembro de 2005

Falando sobre cinema

Além desse blog pessoal, comecei a escrever no Cinefriends, um blog sobre cinema em parceria com o meu amigo César.

No primeiro post de uma série falei sobre o filme "Por um fio".

Visitas e comentários são bem-vindos.

terça-feira, 15 de novembro de 2005

Acessibilidade em e-commerce

Navegando pela comunidade Acessibilidade Web Brasil, no Orkut, me deparei com um tópico interessante: como prover acessibilidade em sites de compra?

Confesso que nunca tinha pensado nessa situação. Resolvi fazer uma pequena experiência: entrei em três sites do gênero e desliguei os estilos e as imagens pra ver como ficariam. Foram eles: Americanas, Submarino e Saraiva.

O resultado? Um desastre!

Esses sites são totalmente dependentes de CSS e imagens, sem contar que não respeitam os webstandards. O que se saiu melhor foi o Submarino, que colocou o texto alternativo em todas as imagens do menu que leva para as seções do site.

Muitos grandes sites de compra utilizam imagens no menu mas não se preocupam em definir um texto alternativo para elas. Desta forma, se eu desligar os estilos e não carregar as imagens - que, se pensarmos bem, é mais ou menos como um leitor de tela age -, não consigo navegar nesses sites. Assim sendo, resolvi continuar no Submarino.

Continuei, então, o processo de compra. Defini que estava interessado em adquirir o CD "As quatro estações", do Legião Urbana. Através da navegação com a tecla tab cheguei ao menu correspondente - 6 tabs.

Me animei quando entrei na seção de CD's, pois a busca era localizada logo após o menu, facilitando o processo. Cheguei até ela - 26 tabs - e selecionei a opção de buscar por título do álbum. Digitei o nome do mesmo, busquei, encontrei algumas ocorrências e mais uma vez afundei a tecla tab para chegar até o link desejado - 77 tabs.

Animado com a possibilidade de ver que era possível comprar em um site com estilos e imagens desligadas, tomei um banho de água fria quando não consegui encontrar o botão de adicionar ao carrinho. Não havia alt. Como o encontraria?

Desisti da compra. Não agüentava mais tabear pelo site. Definitivamente, uma coisa se percebe: é terrível navegar em sites de comércio eletrônico sem teclas atalho para áreas específicas - menu, busca, resultado da busca, produto, carrinho. A navegação se torna cansativa e pouco produtiva.

Cansei o dedo mindinho esquerdo de tanto pressionar o tab, mas valeu a pena por aprender um pouco mais sobre acessibilidade. Pretendo voltar a esse assunto mais vezes.

---
Ouvindo: Spiral Architect - Black Sabbath