quarta-feira, 10 de agosto de 2005

Post Alfa

Esse tal de blog... Vários amigos e conhecidos me perguntavam porque não tinha um. Na verdade já tive. Durou 15 dias e 3 posts. Não levo a vida mais agitada do mundo e nem gosto muito de falar dela. A fórmula deu errado.

Ter blog hoje em dia não significa estar expondo sua vida para os outros. O recurso foi além da brincadeira adolescente e hoje é visto com muito respeito pelo uso em várias áreas. Muita gente tem blog: existem os "meu querido diário", jornalísticos, críticos literários/cinematográficos, políticos, poéticos, "causeros" e técnicos.

Depois de tanto tempo pensando em porque não ter um blog, resolvi pensar em porque ter um. A balança finalmente pendeu pro outro lado e cá estamos. Agora surge aquele sentimento que provavelmente o cachorro que vinha correndo e latindo ferozmente ao lado de um pneu sente quando o carro pára: "E agora?" Bom... Acho que agora é só postar mesmo. Hehehe


E pra começar, que tal explicar o título? "Vivendo em hipermídia"

A proposta principal é poder apresentar aqui algumas idéias, experiências e discussões sobre vivência em hipermídia. Poder discutir acontecimentos e especificidades técnicas da área de Web. Mas não apenas isso, como qualquer outra forma de mídia também: jornal, TV, cinema; bem como fatos fora do "mundo virtual". Ou seja, vale tudo, embora o foco seja hipermídia.

Afinal de contas, a hipermídia é assim mesmo: contempla tudo!

Abração e vamos ver no que isso dá.

--
Ouvindo: Eric Clapton - Layla

Nenhum comentário :